Atrasos de envio ou falhas de entrega são riscos fatais para qualquer farmácia que gere uma plataforma de vendas online. Descubra, neste artigo, como otimizar a gestão logística do seu comércio eletrónico!

Como otimizar a Gestão Logística do Comércio Eletrónico?

Para garantir o sucesso de qualquer plataforma de comércio eletrónico, a gestão logística é um aspeto crucial. Mais que oferecer um bom produto, a um preço competitivo, numa plataforma apelativa e fácil de utilizar, é importante ganhar a confiança dos consumidores através de um serviço rápido, seguro e – acima de tudo – cómodo.

Assim, questões como a rapidez da entrega, a gestão das devoluções e, em geral, todos os processos relacionados com a gestão logística do comércio eletrónico são centrais para garantir a satisfação do utilizador e o sucesso da plataforma. No entanto, gerir todos estes processos de forma otimizada pode ser um desafio, especialmente se ainda não foram definidos métodos de expedição ou sistemas de controlo e organização de inventário.

Desta forma, a fim de tornar a gestão logística do seu comércio eletrónico mais eficiente, é necessário controlar toda a informação proveniente de todas as fases do fluxo de vendas: desde o registo do produto em stock, até à impressão das guias de remessa. Tudo deve ser feito de forma centralizada, com o apoio de um software de gestão como o Logitools. Um software que proporciona uma visão global e detalhada de todas as etapas associadas à gestão logística e oferece mecanismos que permitem facilmente consultar o stock disponível, dar seguimento a devoluções ou gerar faturas, de forma simples e centralizada. Ora, isto é fundamental para que o farmacêutico não perca tempo e possa dedicar-se à atividade inerente ao espaço físico da farmácia, sem distrações ou perdas de produtividade.

Como distinguir a sua plataforma de e-commerce das demais?

Depois de dominar a gestão logística do seu e-commerce, resta encontrar formas de o distinguir da concorrência. Encontre, aqui, algumas sugestões e aspetos a considerar:

1.    A qualidade do serviço de entrega

Um aspeto que não é diretamente controlável pelo farmacêutico é a qualidade do serviço de entrega. No entanto, é da sua total responsabilidade. Se algo correr mal nesta fase, é a reputação da farmácia que fica em causa. Portanto, é fundamental escolher uma transportadora diligente que, no caso problemas, notifique a farmácia e informe os seus responsáveis sobre o estado da encomenda. Desta forma, mesmo em situação de extravio, a farmácia pode contactar o utente e evitar danos à sua reputação, seja através da devolução do montante despendido ou da oferta de um código promocional para a próxima compra. Neste tipo de situação, é fundamental adotar uma postura proativa, com ações assertivas e expeditas que beneficiem o utente.

2.    A Logística Inversa

Mesmo após a venda, é importante considerar a satisfação das necessidades dos seus utentes. Assim, para além de colocar os produtos à sua disposição no menor espaço de tempo possível, deve também preocupar-se com todos os fluxos associados à gestão logística inversa. Isto é, todos os processos relacionados com a recuperação direta ou indireta dos produtos, uma vez que, após o estabelecimento do direito de devolução – consagrado pela Diretiva Europeia sobre Contratos à Distância e fora do Estabelecimento Comercial – tornou-se crucial apostar num serviço eficiente de Logística Inversa para garantir que oferece uma boa experiência de compra aos seus utentes. Neste sentido, deve começar por definir e estruturar todos os processos de devolução e informar os seus utentes sobre como devolver determinados produtos. Aqui, todos os passos devem ser devidamente detalhados para que nada corra mal. A realidade é que, mais do que nunca, a Logística Inversa tem um papel primordial para a fidelização dos seus utentes, especialmente num mercado como o atual. Com tantas opções à disposição, o consumidor tende a optar pela plataforma de e-commerce que oferece mais garantias e prioriza a sua satisfação.

3.    Embalagem e apresentação

O valor da embalagem e da apresentação dos produtos comercializados vai para além da sua proteção. Para satisfazer os requisitos de determinados produtos e adicionar valor à sua comercialização, poderá optar por uma embalagem personalizada. Isto não só vai causa uma impressão duradoura nos seus utentes, como vai ajudar a criar uma imagem de marca mais profissional e distinta.

4.    Inquéritos de Satisfação

Certifique-se de que todos os utilizadores da sua plataforma de e-commerce são tratados como se fossem os únicos. Para isso, poderá optar por medir os seus níveis de satisfação, inquirindo sobre a qualidade da interação e da entrega.  Assim, os inquéritos de satisfação usam – normalmente – o CSAT (Customer Satisfaction Score) para medir os níveis de satisfação dos consumidores em relação ao serviço prestado ou ao produto comercializado. Geralmente, oferecem uma escala de 1-10 para que o utilizador possa avaliar a sua experiência com a plataforma. O acesso a esta informação, permite ao gestor da plataforma obter uma visão clara sobre o que está a funcionar ou não na sua estratégia de comercialização.

Logitools: para a gestão integrada do seu comércio eletrónico!

Ganhe agilidade e eficiência com o Logitools! O único software de gestão cloud capaz de promover a gestão logística, operacional, contabilística, financeira e administrativa da sua farmácia! Connosco, poderá criar a sua plataforma de e-commerce e integrá-la, na totalidade, com o BackOffice do nosso software de gestão, incluindo ferramentas de comunicação ou plataformas de marketplace. Desta forma, poderá oferecer ao seu utente uma prestação de serviços à distância, com toda a comodidade e eficiência que ele merece!

Crie a sua plataforma de e-commerce, com a Logitools. Fale connosco!

Fale connosco

Entre em contacto connosco



    facebook.com/logitools

    linkedin.com/company/logitools

    +351 222451554

    Rua Felizardo Lima, 30, 4100-341, Porto, Portugal