A conveniência do comércio eletrónico é indiscutível. No entanto, aquilo que sempre distinguiu o comércio tradicional foi o envolvimento do vendedor com o cliente e a possibilidade de ver, comparar e tocar no produto antes de o comprar. Descubra, neste artigo, as significativas mudanças que a Realidade Aumentada trouxe ao universo do comércio eletrónico, graças à sua capacidade de combinar o mundo virtual com o mundo real.

O que é a Realidade Aumentada?

O termo Realidade Aumentada (RA) é geralmente utilizado para descrever a tecnologia que permite, através da utilização de determinadas ferramentas digitais, interagir com o ambiente externo. Mas atenção! Não devemos confundir a Realidade Aumentada com a Realidade Virtual (RV). Enquanto que a Realidade Virtual utiliza tecnologias digitais para recriar um ambiente totalmente artificial, a Realidade Aumentada explora elementos do ambiente digital para criar interações com o ambiente circundante. Aqui, o objetivo é oferecer ao utilizador um meio eficaz para obter conhecimentos mais profundos e específicos sobre a função, o desempenho, o encaixe ou a pertinência de determinado elemento, no mundo real.

Portanto, isto significa que a realidade aumentada permite o aumento e a melhoria da interação entre o real e o virtual. Graças a certas elaborações digitais, é hoje possível obter informações que de outra forma não poderiam ser obtidas. Assim, dependendo do tipo de tecnologia utilizada, a Realidade Aumentada possibilita uma visualização mais precisa e detalhada do ambiente real, fazendo uso da tecnologia digital.

Realidade Aumentada: como funciona?

Já sabemos que a Realidade Aumentada visa, essencialmente, a melhoria da perceção da realidade através de ajuda informática. Mas o que isto significa exatamente?

De forma geral, a Realidade Aumentada serve para completar ou expandir o mundo real com conteúdos digitais. Isto é, ao invés de ficar completamente imerso num mundo digital, o utilizador utiliza ferramentas digitais para melhor compreender o contexto onde está inserido. Um excelente exemplo disto mesmo, são as transmissões ao vivo de jogos de futebol. Sempre que um elemento digital é inserido na imagem transmitida, como as linhas digitais que realçam a trajetória da bola num lance perigoso, está a ser utilizada a Realidade Aumentada. Estas linhas são utilizas para melhorar a perceção que o espectador tem do lance, oferecendo-lhe uma experiência mais satisfatória.

Mas atenção: esta não é a única situação onde se pode ver a Realidade Aumentada em ação! Aliás, a utilização desta tecnologia é comum em diversas áreas e setores. No entanto, devido à sua difusão nos canais de entretenimento, a RA é agora conhecida por um público muito mais vasto e alargado, começando a dar os primeiros passos no comércio eletrónico…

A Realidade Aumentada no Comércio Eletrónico

Desde que os smartphones ou tablets começaram a dominar o ranking de preferências dos consumidores, o conceito de Realidade Aumentada tem vindo a ser explorado no sentido de otimizar a sua experiência de compra, no contexto do comércio eletrónico. Contudo, esta tecnologia não funciona para todos os setores, sendo mais adotada por vendedores de pequenos acessórios ou mobiliário.

Entre os exemplos clássicos da utilização desta tecnologia no comércio eletrónico está o chamado “ensaio virtual”. Isto acontece quando algumas plataformas de comércio eletrónico permitem aos utilizadores verificar, através da webcam, como os produtos desejados encaixam neles ou no espaço circundante, de forma muito simples e conveniente.

Por exemplo, em 2013, a IKEA começou a experimentar com a Realidade Aumentada e possibilitou aos seus clientes perceber, de forma super cómoda, se determinada peça de mobiliário encaixa ou não no contexto de sua casa. Assim, a IKEA foi capaz de proporcionar uma melhor experiência de compra aos seus clientes que, desde então, passaram a conseguir avaliar o aspeto e a proporcionalidade do mobiliário comprado online, com toda a segurança.

Logitools: para a criação do comércio eletrónico da sua farmácia!  

Com o auxílio e o acompanhamento dos profissionais da Logitools, poderá definir templates para a sua farmácia online, estabelecer ligações às suas redes sociais, gerir subscrições, acompanhar newsletters, estabelecer ofertas e definir códigos promocionais, e muitos mais! Ao utilizar o seu sistema de gestão de farmácias Logitools para criar a sua farmácia online, poderá controlar, de forma centralizada, as vendas efetuadas na sua loja física e as encomendas realizadas pela via online. Toda a informação é automaticamente integrada no seu sistema de gestão central, sem quaisquer inconvenientes ou preocupações. Do que é que está à espera?

Crie a sua farmácia online, com a Logitools!

Fale connosco

Entre em contacto connosco



    facebook.com/logitools

    linkedin.com/company/logitools

    +351 222451554

    Rua Felizardo Lima, 30, 4100-341, Porto, Portugal