A popularidade dos marketplaces tem vindo a crescer. Atualmente, eles oferecem um nível cada vez maior de personalização e visibilidade. Por isso, é natural que existam diversos tipos de marketplace, baseados em diferentes modelos de negócio e nas distintas formas de os operar. Conheça alguns, neste artigo!

Os diferentes tipos de Marketplace

Antes de se aventurar num marketplace, é necessário estudar a credibilidade e a confiança da plataforma. Enquanto intermediário entre vendedores e compradores, ele deve ser capaz de suportar grandes volumes de transações e um número considerável de visitas. Para influenciar a decisão de compra dos clientes, é também vital ter um sistema de preços apropriado, tanto para os vendedores como para os compradores. Entretanto, todos os tipos de marketplace têm um público-alvo definido para sustentar uma estratégia de marketing apropriada e evitar falhas. Contudo, ao contrário do que muitos pensam, este tipo de plataforma não se restringe apenas a sites que vendem produtos, mas serviços também. Conheça os principais tipos de marketplace:

1.    Marketplace de Produtos

Profundamente voltado para a venda de produtos, este é um dos principais tipos de marketplace. Geralmente, ele reúne uma vasta variedade de vendedores, permitindo filtrar a pesquisa por categoria, preço ou marca. Nele, o utilizador pode facilmente encontrar o que procura, desde mercearias até eletrodomésticos. Os vendedores que utilizam este tipo de marketplace são, acima de tudo, empresas com uma larga audiência, grandes níveis de stock ou meios logísticos para responder à procura. Alguns dos exemplos mais conhecidos deste tipo de marketplace são a Amazon, o AliExpress ou o Ebay.

2.    Marketplace de Aluguer

Alugar artigos ou espaços é cada vez mais rápido e conveniente. Atualmente, as pessoas estão cada vez mais dispostas a listar os seus bens pessoais em marketplaces de aluguer. Trata-se de uma forma simples e eficaz de gerar um rendimento extra. O exemplo mais conhecido deste tipo de plataforma é o Airbnb. Esta plataforma permite ligar hóspedes a proprietários, cobrando uma taxa de serviço aos anfitriões. A negociação de datas e valores é feita no site, diretamente com o proprietário do imóvel.

3.    Marketplace de Serviços

Entre os tipos de marketplace mais populares, está o marketplace de serviços. Uma plataforma que disponibiliza diferentes serviços e coordena a negociação entre clientes e respetivos prestadores de serviços, facilitando a gestão de pedidos e transações. Ele representa uma infinidade de oportunidades de trabalho para freelancers e profissionais de diversos setores. Basta identificar e listar os serviços que estão habilitados a prestar e esperar que o seu público-alvo entre em contacto. Em troca, é geralmente necessário pagar uma comissão, como acontece em plataformas que conectam motoristas a passageiros, como a Uber ou o Cabify.

4.    Marketplaces Híbridos ou Promocionais

O melhor de dois mundos, as plataformas híbridas permitem aos utilizadores comprar e vender produtos. Nelas, o utilizador pode listar os produtos que deseja vender e comprar os itens que outros utilizadores colocam à disposição. É o local ideal para “pessoas regulares” fazerem um rendimento extra, sem pagar taxas de registo ou taxas recorrentes, somente comissões. Geralmente, este tipo de marketplace não oferece métodos de pagamento nem disponibiliza meios logísticos — ele serve apenas como canal promocional. Isto é, são plataformas especializadas na divulgação de produtos ou serviços, conectando todas as partes interessadas. Excelentes exemplos de plataformas deste tipo são o OLX ou a Vinted.

5.    Marketplace de agendamento

Os marketplaces de agendamento visam conectar profissionais liberais, como médicos, dentistas e psicólogos, aos seus pacientes, de forma conveniente e eficaz. Isto é, para evitar longas viagens e acabar com intermináveis chamadas telefónicas, este tipo de marketplace oferece um conjunto de funcionalidades que permitem agilizar todos os processos inerentes à marcação de consultas. Fundamentalmente, o seu principal objetivo é ajudar as organizações e os profissionais de saúde a automatizar processos morosos e manuais, aumentando os seus níveis de produtividade.

Vantagens dos diferentes tipos de marketplace

Ao possibilitar uma interação direta com o consumidor final, os diferentes tipos de marketplace são fontes valiosas de receita adicional. Ao permitirem que as empresas cheguem a um número cada vez maior de interessados, as plataformas de marketplace reduzem os custos de marketing e ajudam a aumentar as vendas. Para além disso, oferecem aos utilizadores um meio fidedigno e conveniente de realizar uma compra informada, onde estes podem comparar preços, ler comentários, explorar a oferta e agilizar processos morosos.

Fale connosco

Entre em contacto connosco



    facebook.com/logitools

    linkedin.com/company/logitools

    +351 222451554

    Rua Felizardo Lima, 30, 4100-341, Porto, Portugal